HISTÓRIA

A Escola Secundária Dr. António Carvalho Figueiredo (com 3º ciclo) foi criada pela portaria 22/ME/82 como secção da Escola Secundária n.º 1, tendo sido o auto de entrega das instalações em 17 Novembro de 1982. A sua autonomia é consagrada pela portaria n.º 907/83, de 1 de Outubro de 1983, sendo designada inicialmente como Escola Secundária n.º 2 de Loures.

A actual designação pretende prestar homenagem a uma figura histórica natural da freguesia de Loures, António Carvalho de Figueiredo, nascido a 27 de Abril de 1853. Este distinto médico-cirurgião exerceu clínica em Loures como médico municipal e subdelegado de saúde, notabilizando-se como bacteriologista e pioneiro no estudo da doença do sono. Publicou vários artigos em revistas científicas e foi igualmente importante a sua participação na vida política como um dos primeiros republicanos do concelho.

Após 25 anos de funcionamento, a escola foi seleccionada para integrar a 2ª fase do Programa de Modernização das Escolas do Ensino Secundário. Este programa teve como finalidade preparar a escola para o futuro e tem como principais objectivos:

(i) recuperar e modernizar o edifício escolar num processo de conjugado de reposição da eficácia física/ambiental/funcional,
(ii) abrir a Escola à Comunidade enquanto elemento estratégico de construção de uma cultura de aprendizagem e de divulgação de conhecimento,
(iii) criar um sistema eficaz de manutenção e gestão do edifício após a operação de requalificação.

As obras de recuperação e modernização iniciaram-se em Junho de 2009  e concluiram-se em Outubro de 2010. As novas instalações foram inauguradas no dia 5 de Outubro de 2010, na data da comemoração do Centenário da República.

Área de Influência
Em relação ao 3.º ciclo do ensino básico, a escola recebe prioritariamente alunos da freguesia de Loures.

Quanto ao ensino secundário, a oferta da escola estende-se a outras freguesias do concelho, nomeadamente, Frielas, Fanhões, Santo Antão do Tojal, S. Julião do Tojal, Bucelas, e, no caso dos cursos profissionais, a zona de influência da escola ultrapassa o próprio concelho.